Cultura libre del Sur

Participamos de la mesa “Mesa 3: Laboratorios, hackerspaces y otros espacios de comunidades locales”

Compartimos la mesa con:

  • @vivero – Civics e Mares Madrid. Arquitecto e mestre em projetos arquitetônicos avançados – Cofundador de Studio [SIC] + [VIC]. + Twitter
  • @hacklablachinampa – HackLab Feminista La Chinampa + Insubordinadas (México). Colectiva Insubordinadas é uma coletiva ciberfeminista que tem como objetivo principal aproximasr as mulheres que se encontram em espaços periféricos de temas relacionados à apropriação e uso da tecnologia, entendida em um sentido mais amplo da palavra. Partimos do princípio de que as tecnologias são todo tipo de ferramentas construídas sob um sistema capitalista, pratriarcal e colonial em função do mercado e do controle social, no entanto, as reivindicamos como ferramentas que podem ser úteis na emancipação das mulheres.
  • @kamenezes _Karina Menezes do Raul Hacker Club, em Salvador, Bahia. Atuante no movimento hackerspace no Brasil, é também pesquisadora de Educação e recentemente defendeu tese de doutorado sobre Pedagogia Hacker na Universidade Federal da Bahia.
  • @baia _Carlos Diego, da Baia Hacker, em Itu e Porto Feliz no interior de São Paulo. A Baia se define como um laboratório temporário para experiências sensíveis e atua especialmente em duas frentes: produção contracultural e permacultura.
  • @rowanda _ la_bekka : o hacklab feminista de la bekka pretende ser um espaço onde aprender em comum sobre tecnologia, cultura livre e feminismos.. + info

Coordinaron la mesa @biacm y @danicotillas.

Puedes leer nuestra presentación aquí o ver la presentación en Youtube: